• Viver Feliz

Codependência Emocional:



Nós, seres humanos, temos a necessidade de manter vínculos afetivos.

Esse vínculo, contudo, deixa de ser saudável a partir do momento que um dos envolvidos passa a viver somente em função do parceiro, esquecendo de si mesmo e se sacrificando para manter essa relação.

O codependente vive com medo de perder o parceiro e por isso suas atitudes são sempre no sentido de satisfazer os desejos e agradar o seu par. Para manter o relacionamento, muitas vezes se afasta de familiares e amigos quando sentem que estes, com seus conselhos, podem ser uma ameaça para sua relação.

Devido a sua baixa autoestima e grande insegurança, acaba se colocando em uma posição de submissão e passividade perante o outro por medo de ser abandonado ou desagradar. Ao mesmo tempo, também, o codependente se mantém na relação com a ideia de que vai conseguir mudar o outro, torna-lo alguém melhor.

A codependência traz muito sofrimento e muita instabilidade emocional. Aqui vai algumas dicas para superar:

1: reconheça que tem o problema, analisando o tipo do seu relacionamento é o seu papel na relação, bem como se sua dependência em relação ao parceiro é positiva ou está lhe trazendo prejuízos.

2: dedique mais tempo para si mesmo, fazendo coisas que gosta sozinho, priorizando seus objetivos e cuidando mais de você.

3: trabalhe para aumentar sua autoestima, se possível busque ajuda de um profissional. A terapia pode ajudar no processo de autoconhecimento e fortalecimento da sua independência emocional.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo